Jean-Claude Van Damme salvou um chihuahua de uma eutanásia

Jean-Claude Van Damme salvou um chihuahua de uma eutanásia
Jean-Claude Van Damme salvou um chihuahua de uma eutanásia

Jean-Claude Van Damme salvou um chihuahua de uma eutanásia.

A estrela filme de ação Jean-Claude Van Damme chegou para o resgate de um cão da raça chihuahua três meses, poupando-o de eutanásia após uma luta legal entre Noruega e Bulgária.

O cachorro chamado Raya foi vendido para novos donos na Noruega em setembro, mas as autoridades não a registraram porque ela havia viajado com um passaporte búlgaro falso.

>>Receitas simples e caseiras para fazer guloseimas para o seu cachorro

A Noruega tentou repatriar o animal, mas a Bulgária se recusou a aceitá-lo devido aos regulamentos da União Europeia sobre o transporte de animais vivos, o que deixou o cão em perigo de eutanásia, até que a lenda do cinema belga se envolveu.

Van Damme, mais conhecido por seus filmes de ação de artes marciais, lançou uma campanha emocional nas redes sociais, postando selfies dele mesmo abraçando seu chihuahua, por fim persuadindo a autoridade búlgara de segurança alimentar a aceitar o cão.

“Eu imploro, no meu aniversário, que a autoridade de segurança alimentar mude sua decisão”. Escreveu Van Damme no fim de semana, lançando uma petição para salvar o cachorro.

>>Atenção! Certos alimentos podem causar um ataque cardíaco no seu cachorro

Eles estavam errados, as pessoas que não desempenharam o papel corretamente… Mas eles não podem matar aquele pequeno chihuahua.

A autoridade de segurança alimentar disse que Raya passará por exames médicos quando retornar à Bulgária e será enviada para adoção.

Yavor Gechev, da organização de direitos dos animais Four Paws, disse à AFP na segunda-feira que a Bulgária deveria ser parabenizada por mostrar flexibilidade. Mas pediu um controle mais rígido sobre criadores e traficantes ilegais.

>>Anitta: Descubra o motivo pelo qual a Forbes a nomeou “A mulher mais poderosa do Brasil”

O passaporte falso da cadela significava que ela teria sido deixada em 20 de outubro de acordo com a lei norueguesa, disse Gechev.

As desventuras de Raya lembram a história da vaca Penka, que também enfrentou a pena de morte depois de vagar pela fronteira da Bulgária com a Sérvia em maio de 2018.

>>Maluma fechou conta no Instagram e a culpa foi de Natalia e Neymar: Olha por quê!

Veja mais