Cabelo elástico ou emaranhado: três dicas essenciais sobre o que fazer

Cabelo elástico ou emaranhado: três dicas essenciais sobre o que fazer
Cabelo elástico ou emaranhado: três dicas essenciais sobre o que fazer

Cabelo elástico ou emaranhado: três dicas essenciais sobre o que fazer.

A vaidade das mulheres e o desejo de ter um cabelo perfeito fazem com que elas busquem tratamentos capilares que incluem procedimentos químicos, como clareamento e alisamento. Esses procedimentos não representam um risco para a saúde ou danificam seriamente o cabelo se aplicados corretamente, mas nem sempre é o caso.

Às vezes, devido ao excesso de produto, aplicação incorreta, falta de um teste de destaque ou má qualidade da marca, pode fazer com que o cabelo tenha um efeito elástico ou emaranhado, o que só dá vontade de sentar e lamentar!

Mas a boa notícia é que existem maneiras de fazer os cabelos voltarem, com um pouco de paciência e os cuidados necessários para proceder da maneira certa. Atenção, pois no final do artigo falaremos também de um método que está se popularizando, mas na verdade é perigoso para a saúde.

>>Remédios caseiros para se tratar seus cabelos esponjosos e com frizz

Experimente um cronograma capilar

Se seu cabelo sofreu efeito elástico ou embaraçado após um procedimento químico, a primeira coisa que você deve fazer é interromper o uso de quaisquer outras substâncias químicas e também fontes de calor no cabelo.

Isso inclui coloração de cabelo, retoques de alisamento, além de descoloração, secador de cabelo, chapinha e babyliss. Pare tudo e comece a fazer uma programação para o cabelo.

Este método não é usado apenas para recuperar bloqueios danificados. Isso sempre pode ser feito, com a orientação do seu cabeleireiro, como forma de manter os cabelos hidratados, nutridos e fortes.

>>Clara de ovo no cabelo: para ter fios mais fortes e reduzir a oleosidade

Mas neste caso, é necessário atuar com um pouco mais de intensidade para que o programa capilar recupere os cabelos o mais rápido possível. Veja as recomendações:

Hidratação

O cabelo danificado fica absolutamente seco e desnutrido. Portanto, ele precisa ser hidratado novamente para recuperar a umidade. Comece a hidratar os cabelos com produtos para essa finalidade que contenham muita glicerina, proteínas hidrolisadas e vitaminas.

>>Máscara de cabelo chinesa de abacate e mel para cuidar dos cachos

Nutrição

Além da hidratação, o cabelo também precisa recuperar lipídios e oleosidade natural. Use suas próprias máscaras para esse fim, ricas em óleos à base de manteiga de karité, manteiga de murumuru, manteiga de cacau, manteiga de cupuaçu, manteiga de abacate, manteiga de macadâmia, óleo de coco, azeite de oliva, óleo de medula, óleo de argan e óleo de amêndoa.

Procure por produtos naturais ou fórmulas que contenham esses óleos poderosos para a recuperação e nutrição do cabelo.

>>Remédios caseiros para ter cabelos mais longos, com brilho e sedosos

Reconstrução

Para reconstruir a fibra capilar, junto com hidratação e nutrição constantes, escolha produtos adequados para esse fim e ricos em queratina, que é um componente natural dos cabelos responsável por sua resistência e elasticidade.

Importante: converse com seu cabeleireiro para identificar o estado de seus cabelos e definir os períodos e intervalos de cada reconstrução, já que o excesso de queratina também faz mal. O calendário deve ser alterado conforme o cabelo se recupera.

Veja mais