YouTube Music: plataforma também lança seu ‘resumo musical do ano’

YouTube Music: plataforma também lança seu 'resumo musical do ano'
YouTube Music: plataforma também lança seu ‘resumo musical do ano’

YouTube Music: plataforma também lança seu ‘resumo musical do ano’.

O YouTube Music já está enviando por e-mail aos usuários inscritos no serviço um resumo denominado ‘Sua jornada musical em 2020’, que fornece dados estatísticos como o número de horas que a música foi tocada na plataforma durante 2020, qual artista foi o mais ouvido, etc.

O YouTube Music está trabalhando em um relatório estatístico para surpreender seus assinantes, com dados para que eles saibam como esse 2020 tem sido na música para eles. Na jornada musical do ano que o YouTube Music traz aos seus usuários, a primeira coisa que é exibida é o nome do artista que eles mais ouviram.

>>YouTube lança a qualidade ‘HDR’ para as transmissões ao vivo

Em seguida, mostra a música mais ouvida e a lista de reprodução favorita. Posteriormente, é acessada a categoria “My 2020 Year in Review”, onde se reflete a playlist com as músicas mais marcantes de 2020, que pode ser ouvida pressionando o botão “Listen Now”.

Em seguida, são apresentadas mais estatísticas, como a lista dos artistas mais ouvidos e o tempo que se dedicou a cada um desses sucessos. Além disso, um top das músicas mais ouvidas e uma quinta estatística reflete o número total de horas em que a música foi ouvida no YouTube Music e em que mês do ano o serviço foi mais usado.

>>Veja as Placas do YouTube para canais com maior número de inscritos

Estatísticas do YouTube Music, música, horas, artistas

Por fim, mostra a categoria “Seus álbuns essenciais”, onde é possível reproduzir a lista dos álbuns mais importantes do ano para cada usuário.

Este resumo musical imita aquele que o Spotify, plataforma de streaming rival do YouTube Music, também oferece aos seus usuários e que já se tornou um clássico a cada dezembro, embora forneça menos informações no geral. Além disso, a Apple Music fornece estatísticas semelhantes.

>>YouTube: extensão remove expressões exageradas de miniaturas

Veja mais