WhatsApp toma decisões radicais contra quem encaminha mensagens

WhatsApp toma decisões radicais contra quem encaminha mensagens
WhatsApp toma decisões radicais contra quem encaminha mensagens

WhatsApp toma decisões radicais contra quem encaminha mensagens.

Você está enviando correntes? O WhatsApp é um dos aplicativos que se tornou o preferido de todos aqueles que desejam se comunicar com alguém que não viram desde o início da quarentena obrigatória em seus respectivos países.

>Como usar o WhatsApp sem uma conexão com a Internet?

 Graças às videochamadas, poder falar com alguém enquanto assiste nos deixa muito felizes e, acima de tudo, observar que nosso familiar está bem em casa.

Portanto, o WhatApp também oferece ao usuário a possibilidade de enviar fotos, vídeos engraçados, GIFs, emoticons feitos com o rosto e uma variedade de elementos multimídia.

>Três funções que o WhatsApp possui que não existem no Telegram

Porém, nos últimos dias o aplicativo vem reportando não só uma grande demanda por se comunicar com quem deseja, mas também pela quantidade de notícias falsas que circulam em sua plataforma.

A grande maioria deles tem a ver com alertas ou áudios que geram pânico na população, além de receitas milagrosas para evitar que você contraia o coronavírus, ou simplesmente detalhes de como o covid-19 se desenvolve, entre outros.

>WhatsApp: 8 emojis cujo verdadeiro significado você não sabe [FOTOS]

Correntes e ‘notícias falsas’

Com o objetivo de barrar as correntes e ‘notícias falsas’ em torno da pandemia, o WhatsApp vai adotar a medida de evitar o envio de um texto a mais de uma pessoa, para que não seja divulgado pressionando um único botão.

>WhatsApp: Ative o modo invisível no computador ou celular: online ou escrevendo

Por meio de seu blog, a empresa mencionou que tem visto um aumento no número de encaminhamentos de mensagens nos últimos dias, o que pode deixar os usuários sobrecarregados e também contribuir para a disseminação de desinformação.

“Observamos um aumento significativo na quantidade de encaminhamentos. De acordo com nossos usuários, eles podem fazer com que eles se sintam sob pressão, além de contribuir para a disseminação de informações erradas. Acreditamos que é importante diminuir a propagação dessas mensagens para manter o WhatsApp um lugar para conversas pessoais”, afirma a empresa em comunicado.

>4 aplicativos para ninguém tocar no seu WhatsApp ou no seu telefone

Ressalta-se que, para orientar você com segurança, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um canal virtual de atendimento e entrega de informações denominado “Alerta de Saúde da OMS”.

O número para adicionar ao seu telefone é +41 79 893 1892. Assim que a janela de bate-papo abrir, você pode escrever “Olá” (“Oi”) e um menu informativo será exibido com todos os detalhes oficiais do progresso de covid-19 no mundo.

>Nova Atualização WhatsApp para Android: novo recurso vai evitar “ligações acidentais”

Lembre-se, se você vai enviar algo via WhatsApp, certifique-se de que vem de uma fonte importante e não apenas de especulação.

Veja mais