WhatsApp revela novos detalhes sobre a tão esperada função multi-dispositivo

WhatsApp revela novos detalhes sobre a tão esperada função multi-dispositivo
WhatsApp revela novos detalhes sobre a tão esperada função multi-dispositivo

WhatsApp revela novos detalhes sobre a tão esperada função multi-dispositivo.

Em breve, os usuários poderão usar a mesma conta do WhatsApp em até quatro dispositivos diferentes.

A estreia oficial da função multi-dispositivo está cada vez mais perto. O WhatsApp continua fazendo alterações em sua nova ferramenta que permitirá aos usuários ativar a mesma conta em até quatro dispositivos diferentes. O site especializado WABetaInfo acaba de revelar novos detalhes sobre o assunto e aqui vamos falar sobre ele.

>Como faço para criar e ter um emoji do meu rosto no WhatsApp?

Conforme detalhado no portal citado, esta função não precisará de conexão com a internet no telefone principal, para que você possa usar o WhatsApp Desktop quando o telefone estiver desligado, por exemplo, ou outros dispositivos.

Nesse sentido, WABetaInfo mostra uma imagem onde podemos ver a função habilitada e os novos dispositivos vinculados. Há também uma seção exclusiva reservada para testadores beta, que permite que você escolha se deseja registrar sua conta do WhatsApp para acessar o beta multi-dispositivo.

>WhatsApp: para que você possa fazer chamadas com a nova função

Portanto, quando a chave está ativada, todos os outros dispositivos emparelhados poderão funcionar sem uma conexão com o telefone principal.

Da mesma forma, ao criar uma nova sessão, todos os telefones onde a conta do WhatsApp está sendo utilizada serão sincronizados e qualquer ação realizada de um dispositivo será automaticamente replicada nos demais.

>Conheça a nova função WhatsApp que vai facilitar sua vida

Na nova versão beta do serviço de mensagens, também podemos ver que uma nova interface de usuário moderna está sendo trabalhada para a versão desktop, que mostra como o histórico de bate-papo é migrado de um dispositivo e que o processo é criptografado de ponta a ponta.

Veja mais