Terremoto no Irã mata ao menos 6 e deixa mais de 300 feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas após um terremoto de magnitude 5,9 atingir o noroeste do Irã na madrugada desta sexta-feira (08), segundo informou a emissora de televisão iraniana.

Foto: Tasnim/WANA via REUTERS

Segundo o Centro Sismológico Europeu-Mediterrâneo (EMSC) O terremoto atingiu o condado de Tark, na província do Azerbaijão Oriental às 2h17 (horário local), área que fica a cerca de 400 quilômetros (km) de Teerã e foi sentido por cerca de 20 milhões de pessoas com uma profundidade rasa de 10 quilômetros, o que teria amplificado as vibrações.

“O terremoto atingiu a região de Tark na província às 2h17… muitas pessoas se feriram tentando fugir de casa em pânico”, disse uma autoridade local à TV, acrescentando que cerca de 400 casas foram danificadas.

Ainda segundo o Centro, mais de 40 tremores secundários sacudiram depois a região rural, situada nas montanhas Alborz, fato que levou os moradores a deixarem as suas casas em pânico.

Pelo menos 312 pessoas ficaram feridas, informou a televisão estatal, adiantando que apenas 13 foram hospitalizadas. O Serviço Geológico dos Estados Unidos que registrou o epicentro do terremoto a 10 (km) de profundidade, explica que os tremores com pouca profundidade tendem a causar ainda mais danos

O Irã fica localizado em uma região bastante propensa a sismos que normalmente registra, em média, um terremoto por dia.

Veja mais