Bolsonaro exonera secretário especial da Cultura, Roberto Alvim e repudia fala nazista

O presidente Jair Bolsonaro comuniciou nesta sexta-feira (17) o desligamento do cargo e repudiou o comentário do secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim. “Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência”, diz a nota enviada pela Secretaria de Comunicação da Presidência de República. Na madrugada desta sexta-feira, em sua conta … continue