SP abre mais 23 mil vagas para curso técnico gratuito

SP abre mais 23 mil vagas para curso técnico gratuito
SP abre mais 23 mil vagas para curso técnico gratuito | © Cristiane Bonfanti/ Divulgação CNI

SP abre mais 23 mil vagas para curso técnico gratuito

O governo de São Paulo vai ampliar a oferta de vagas para alunos que queiram cursar o ensino médio de forma integrada ao ensino técnico. Serão oferecidas mais 23.040 vagas, com nove opções de cursos técnicos, no programa Novotec Integrado. O objetivo do governo é oferecer, em 2021, mais de 117 mil vagas no ensino integrado.

Os cursos técnicos são feitos na mesma escola onde os estudantes cursam o ensino médio – e no mesmo turno.  Os cursos oferecidos são administração, logística, marketing, recursos humanos, contabilidade, serviços jurídicos, desenvolvimento de sistemas, informática para internet e guia de turismo.

Ao fazer a opção pela integração entre o ensino médio e o profissionalizante, os jovens farão as disciplinas acadêmicas com professores da Secretaria de Educação e a carga horária técnica com professores do Centro Paula Souza ou de outras escolas de ensino profissionalizante contratados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Ao final de três anos, os estudantes vão receber um diploma de conclusão do ensino médio com habilitação em área técnica.

Como se inscrever

Os estudantes do 9º ano do ensino fundamental da rede estadual, municipal e privada podem se inscrever gratuitamente nos cursos. Não há prova de acesso para a modalidade.

Para participar, o estudante deve demonstrar interesse ao fazer a sua rematrícula, que acontece na própria escola, no aplicativo Minha Escola SP ou no site da Secretaria Escolar Digital.

Para os estudantes que já estão na rede pública municipal ou estadual, a matrícula deve ser feita até o dia 16 de outubro. Para os estudantes que hoje estão na rede privada, a matrícula pode ser feita até o dia 30 de outubro.

Outras informações sobre o programa Novotec Integrado estão disponíveis na página do programa.

Veja mais