Polícia paulista prende 70 homens acusados de crimes contra mulheres

Uma operação da Polícia Civil, por meio do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap), prendeu 70 homens nesta quarta-feira (23/10).Participaram da ação 335 policiais, com o apoio de 158 viaturas.

De acordo com as informações divulgas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP/SP), a Operação Outubro Rosa tem como objetivo deter autores de crimes praticados contra mulheres.

Ainda segundo a SSP, os trabalhos em campo foram realizados em toda a capital paulista pelas nove Delegacias de Defesa da Mulher da cidade, além de agentes de todas as Delegacias Seccionais vinculadas ao Decap. Participaram da ação 335 policiais, com o apoio de 158 viaturas.

Durante as atividades, 68 homens foram presos em cumprimento a mandados de prisão e dois em flagrante. Entre os presos há um de 31 anos, responsável por agredir e torturar sua companheira, em 14 de outubro deste ano. O caso foi investigado pela 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, que cumpriu o mandado de prisão e deteve o autor.

“Não há nenhum caso em que não realizamos diligências. Vamos continuar com as equipes a fim de prender os infratores”, afirmou o diretor. “São diligências que requerem mais cuidado. É feito todo um levantamento de inteligência antes da ação porque precisamos saber com quem estamos lidando”, acrescentou.

Todos os homens foram encaminhados às delegacias, onde permaneceram à disposição da Justiça.

 

Veja mais