Pagamento do décimo quarto (14º) salário de aposentados e pensionistas do INSS vai acontecer?

Pagamento do décimo quarto (14º) salário de aposentados e pensionistas do INSS vai acontecer?
Pagamento do décimo quarto (14º) salário de aposentados e pensionistas do INSS vai acontecer?

Pagamento do décimo quarto (14º) salário de aposentados e pensionistas do INSS vai acontecer?

O fim do ano está se aproximando e com ele vem as confraternizações, os amigos secretos, e consequentemente mais gastos, não é mesmo? E este ano tem um agravante, a pandemia e a crise econômica, fatores que fizeram o preço de produtos dispararem em todo o país. E o pior que os aposentados e pensionistas do INSS não podem mais contar com o 13º salário, isso porque o dinheiro já foi antecipado em maio deste ano.

>Nova Portaria do INSS estende período de antecipação de dinheiro de auxílios

Deste modo, todos os segurados do INSS estão apreensivos, eles estão em dúvida se terão direito a um “salário extra” no final deste ano – o que tem sido chamado de Décimo Quarto Salário ou Gratificação Natalina.

>Aposentadorias do INSS liberadas com erro podem ser canceladas

Entendendo o 14º salário do INSS

Para explicar melhor, o décimo quarto salário do INSS é um Projeto de Lei que tramita no Congresso Nacional. O PL 3.657/2020 foi apresentado pelo Senador Paulo Paim e é fruto da ideia legislativa apresentada pelo advogado Sandro Gonçalves. Para ser aprovada, precisa de voto da maioria dos parlamentares tanto no Senado, quanto na Câmara.

>Bancos não podem cobrar dívida de empréstimos de aposentados e pensionistas falecidos

2. Quem terá direito ao 14º salário?

De acordo com o Projeto, terá direito ao abono natalino emergencial todos os segurados do INSS que, durante o ano, tenham recebido aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. O cálculo será feito da mesma maneira que o do 13°, tendo por base o valor da renda mensal do benefício do mês de dezembro de 2020.

>INSS volta a atender presencialmente aposentados e pensionistas somente em setembro

Quando o pagamento do 13º deve ser feito?

Conforme prevê o projeto do Senado Federal, o décimo quarto salário deve ser concedido em parcela única em dezembro, conforme o cronograma de pagamento do calendário atual do INSS. Veja abaixo:

  • Final 1: 22 de dezembro de 2020;
  • Final 2: 23 de dezembro de 2020;
  • Final 3: 28 de dezembro de 2020;
  • Final 4: 29 de dezembro de 2020;
  • Final 5: 30 de dezembro de 2020;
  • Final 6: 04 de janeiro de 2021;
  • Final 7: 05 de janeiro de 2021;
  • Final 8: 06 de janeiro de 2021;
  • Final 9: 07 de janeiro de 2021;
  • Final 0: 08 de janeiro de 2021;

>Aposentados do INSS ainda podem ter precatórios a receber em 2020

O que falta para o Décimo quarto (14º) do INSS ser aprovado?

1.- O projeto terá que ser votado pelos senadores no Plenário do Senado. Para ser aprovado, basta ter maioria simples (metade dos presentes + 1).

>Qual modelo de celular deve ser usado para a prova de vida digital dos aposentados do INSS?

2.- A partir de então, ele segue para o Câmara dos Deputados, onde também será votado e precisa da maioria dos votos.

3.- Depois de aprovado segue para sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro. O presidente poderá vetar ou não a proposta.

>INSS procura aposentados e pensionistas para receber dinheiro da revisão do artigo 29

Qual a data de votação do 14º?

Os senadores estão pressionando o presidente do Senado, Davi Acolumbre (DEM), para que ele coloque o Projeto em votação o mais rápido possível. O principal defensor dessa causa é o Senador Paulo Paim. Em pronunciamento, Paulo Paim pediu o apoio dos outros senadores da casa legislativa para que o décimo quarto seja aprovado e ganhe celeridade.

>Quem terá direito auxílio R$ 2 mil para aposentados, BPC e pensionistas do INSS?

Paim disse que, atualmente, há cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas do INSS no Brasil, e que 80% dessas pessoas recebem um salário mínimo mensal e precisam da grana extra.

A expectativa é de que o Projeto de Lei que trata do décimo quarto do INSS seja colocado em votação no mês de setembro. A estimativa inicial é que o 14º salário custe 47,5 bilhões ao INSS.

Importante: Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias seguindo o INFORME BRASIL no Google Notícias.

Veja mais