Mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello chega ao velório do filho de cadeira de rodas

A mãe do ator e diretor Jorge Fernando, Hilda Rebello, de 95 anos, chegou ao para prestar adeus ao filho, na manhã desta terça-feira (29/10), de cadeira de rodas.

O velório do corpo do ator e diretor foi aberto ao público às 8h30 de hoje na Sala Marília Pêra, no Teatro Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Inicialmente, foi divulgado que o velório também seria realizado no cemitério, mas o local foi alterado na tarde da última segunda-feira (28/10).

Foto: TV Globo / Frederico Rozário

Hilda, que também é atriz com mais de 30 anos de atuação chegou a ser  parceira do filho em diferentes produções. Entretanto sua carreira nos palcos e atrás das câmeras começou pouco mais tarde – e por insistência do filho.

A professora de corte e costura entrou no curso do Teatro Tablado – um dos mais tradicionais do Rio – já aos 62 anos. Alguns anos depois, fez estreia na peça “Uma historia de boto vermelho”.

Foto: Raísa Pires/G1

Na emissora Globo, seu primeiro trabalho foi no ano de 1989, na novela “Que Rei Sou Eu?”, como Ama Zefa. O mais recente foi em 2016, na novela “Haja Coração”.

Os fãs e admiradores de Jorge poderão se despedir do diretor até as 10h. Logo em seguida, das 10h ao meio-dia, o velório será restrito para familiares e amigos próximos.

Por volta das 13h, será realizada a cerimônia de cremação na Capela Ecumênica do Cemitério da Penitência, no Caju, na Zona Portuária.

O Ator e diretor da emissora Rede Globo, Jorge Fernando, 64 anos morreu no último domingo(27/10). De acordo com G1, ele estava internado no Hospital CopaStar, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Em nota divulgada pela assessoria de comunicação do Hospital Copa Star, Jorge morreu após dar entrada no final da tarde deste domingo, devido a uma parada cardíaca ” em decorrência de uma dissecção de aorta completa”.

Veja mais