ID Estudantil: mais de 3 milhões de alunos já estão cadastrados; veja como solicitar – É de graça

Lançada recentemente, a ID Estudantil já possui mais de três milhões de alunos cadastrados no Sistema Educacional Brasileiro (SEB), para solicitação da mesma, conforme informou o Ministério da Educação (MEC), nesta terça-feira (1o). A ID concede aos estudantes meia-entrada em eventos culturais e esportivos.

Foto: Laura Mallmann/Reprodução/A Hora

Para garantir o acesso à ID Estudantil, um representante de cada instituição de ensino, pública e particular, deve enviar as informações dos alunos para o sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Eles devem informar dados como o número do CPF, data de nascimento, curso, matrícula e o ano e semestre de ingresso dos estudantes. Também serão informados nível e modalidade de educação de ensino.

Ainda segundo o MEC, pelo menos 3.863 instituições de educação básica e 802 de educação superior cadastraram os estudantes no SEB. O total de alunos registrados chegou a 3.002.523 alunos.

Os estudantes que querem verificar se estão registrados no sistema devem acessar o site.

Onde e como solicitar a carterinha?

Ainda segundo o MEC, o documento poderá ser emitido também por: Associação Nacional de Pós-Graduação; entidades estudantis estaduais, municipais e distritais; diretórios centrais dos estudantes; centros e diretórios acadêmicos; outras entidades de ensino e associações representativas dos estudantes, conforme definido em ato do ministro da Educação.

Passo a passo – Se a instituição já tiver enviado os dados, basta os alunos baixarem o app. Ao fazer isso eles devem inserir o CPF, o nome completo, telefone para envio de SMS e e-mail. O próximo passo é aceitar os termos e políticas de uso do aplicativo. Feito disso, os estudantes deverão acessar “Minha ID Estudantil” para, então, obter o documento em formato digital.

Carteiras digitais e físicas

O MEC ressalta que firmará um contrato com a Caixa Econômica Federal para emissão gratuita da ID Estudantil física que será válida até 31 de março do ano seguinte, enquanto a digital será válida, e o aluno permanecer matriculado em instituição que forneça os níveis e as modalidades de educação e ensino. O documento perderá a sua validade somente quando o estudante se desligar do estabelecimento.

Veja mais