Devemos desligar o roteador todas as noites ou é melhor mantê-lo sempre ligado?

Devemos desligar o roteador todas as noites ou é melhor mantê-lo sempre ligado?
Devemos desligar o roteador todas as noites ou é melhor mantê-lo sempre ligado?

Devemos desligar o roteador todas as noites ou é melhor mantê-lo sempre ligado?

Não tente. Acredite ou não, muitas pessoas com internet em casa desligam o roteador à noite para fazê-lo ‘descansar’ e assim economizar energia. Mas esta prática não é benéfica, pelo contrário, apenas diminuirá a vida útil do dispositivo que fornece wi-fi em toda a sua casa. Por que deveria ficar sempre ligado? Aqui nós explicamos para você.

>>5 funções secretas do WhatsApp Web que você PRECISA saber

Há hábitos que se prolongaram porque, há alguns anos, eram justificados; no entanto, o avanço da tecnologia deixou esses problemas para trás. Um exemplo claro é a TV de plasma.

>>Truques para fazer suas costelas caseiras parecerem de restaurante

De acordo com a publicação, a princípio recomendaram não manter a televisão com a mesma imagem por muito tempo, pois ela poderia ficar para sempre. Esse defeito já foi corrigido, embora ainda haja quem tenha medo.

>>O que significa a verificação cinza no WhatsApp

O mesmo acontece com os roteadores da nossa casa, que consomem pouca energia. Muitos acreditam que, se não forem desligados, encurtam sua vida útil; no entanto, esses dispositivos foram projetados para funcionar 24 horas por dia.

>>Incrível: esta sobremesa feita com pés de frango é fácil e super nutritiva!

Um roteador tende a ‘sofrer’ mais quando há muita atividade, ou seja, à noite estará praticamente em repouso, pois a maioria está dormindo, portanto não é necessário que estejamos desligando.

>>Não jogue fora! Usos incríveis da borra de café que você não conhecia

“Sim, pode afetar sua vida, negativamente, desligar e ligar continuamente. Melhor, portanto, deixar ligado ”, indicam os especialistas, que rejeitaram que a radiação wi-fi afeta a nossa saúde.

“A radiação não é ionizante, então não pode interagir com o DNA, causar câncer ou alterar a saúde”, finaliza a publicação.

Veja mais