7 maneiras de reciclar seu óleo de cozinha usado

7 maneiras de reciclar seu óleo de cozinha usado
7 maneiras de reciclar seu óleo de cozinha usado

7 maneiras de reciclar seu óleo de cozinha usado

Apesar de se usar cada vez menos óleo para cozinhar porque optamos por alimentos grelhados, assados ​​ou cozidos no vapor, todos os anos são jogados nas pias espanholas 120 milhões de litros de óleo usado. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, cifra que representa dois terços do total consumido, cerca de 180 bilhões de litros.

Esse óleo que não é reciclado se impregna e obstrui estruturas de esgoto público e também serve como alimento para animais, como baratas, promovendo a disseminação de pragas. Portanto, é fundamental promover a reciclagem deste produto. Se não quisermos depositá-lo nos pontos habilitados para esse fim, podemos dar-lhe uma segunda vida em casa. Nós dizemos como.

>>Saiba por que tomar azeite com limão diariamente

-Transformar em sabão

Com óleo, soda cáustica, água e uma grande variedade de óleos essenciais você pode fazer seu sabonete caseiro sem muitas complicações. A operação exigirá uma filtragem inicial do óleo usado para partículas. Podemos fazer isso com um funil e uma peneira de malha fina que retém os sólidos.

É uma operação simples, mas envolve certo risco de respingos de soda cáustica, portanto, é necessário fornecer luvas de limpeza e algum tipo de óculos de proteção industrial. Além disso, seja paciente com a secagem do sabão, que pode levar um mês.

>>7 coisas que você NUNCA deve comprar de segunda mão

-Faça velas

Precisaremos de uma linda garrafa que servirá de recipiente para a vela. Também um fio que usaremos como base para o pavio, para o qual, por sua vez, usaremos um fio de algodão cerca de quatro centímetros mais longo que a garrafa escolhida. Também podemos adicionar algumas gotas de óleo essencial que cheira bem.

O procedimento é muito simples: fazemos uma base com o arame enrolando em espiral e amarramos a parte inferior do fio de algodão. Colocamos no recipiente escolhido e deixamos o excesso de linha fora. A seguir iremos enchê-lo com o óleo usado, previamente filtrado, e adicionaremos as gotas de óleo aromático.

>>Descubra o que realmente acontece quando você bebe água com limão?

-Dobradiças de graxa

O óleo de fritura, sempre devidamente filtrado, pode ser aplicado com seringa em qualquer ponto que precise ser untado e servirá perfeitamente para essa função, embora tenha uma durabilidade inferior ao do óleo mineral.

-Moldes para espalhar

Se não tivermos dado utilizações excessivas ao óleo da fritadeira, podemos utilizá-lo com um pincel como graxa para formas se quisermos fazer bolos, biscoitos ou biscoitos. Desta forma, depois de passar pelo forno, as peças podem ser extraídas do molde sem problemas.

>>Descubra por que não é bom manter ovos na porta da geladeira

-Proteger móveis

O óleo de fritar filtrado é um protetor perfeito para a madeira, tanto em interiores como em exteriores, embora seja mais recomendado no segundo cenário, principalmente se for azeite, dada a força de seu cheiro. Bastará aplicá-lo na superfície de móveis e portas – é importante que não sejam envernizados – com um pincel ou pincel, para que o óleo cubra os poros. Também dará um brilho adicional. No caso de móveis para exterior ou jardim, esta aplicação deve ser feita semestralmente, pois o sol danifica a madeira.

>>Coisas que você deve parar de fazer para evitar o envelhecimento precoce da pele

-Faça uma pasta esfoliante

Para fazer uma esfoliação corporal, basta usar café moído misturado com óleo. É feita uma pasta semissólida que depois podemos esfregar no corpo ou no rosto para remover a pele morta. Depois com água e sabão retiraremos o recheio e depois teremos que aplicar o creme hidratante.

>>O truque infalível de uma mãe para limpar os lençóis

-Faça hidratantes

Bastam algumas folhas de cera de abelha, um pote e o óleo devidamente repousado e filtrado. Colocaremos as lâminas de cera dentro do frasco, quebradas em pedaços, e levaremos para banho-maria para que a cera derreta. Uma vez que o todo tenha atingido o ponto de fusão, despejaremos o óleo aos poucos enquanto batemos para que a mistura seja emulsionada. Quando o pote está cheio, tiramos do banho-maria e colocamos na geladeira para esfriar. Já temos o creme que podemos aplicar. Dependendo da relação entre cera de abelha e óleo, obteremos um creme mais ou menos espesso.

Veja mais